< retorna

 Polícias, Reforma e modernização da segurança pública, Violência contra a mulher

Mulheres em fardas policiais militares no Rio de Janeiro

Autor(es)/Pesquisador(es): Tatiana dos Santos Araújo
Tags: , , , ,
Tipo de publicação:  Artigo, Dossiê, Revista Brasileira de Segurança Pública
Ano da publicação: 2017
Formato: Pdf


Para entender o ingresso das mulheres na Polícia Militar, tomaram-se como parâmetro estudos sobre sua inserção nas Forças Armadas, visto o perfil militar da polícia brasileira. Esses estudos indicam vários fatores que embasam a aprovação da participação feminina nas forças militares, respeitadas as condições específicas de cada país e das conjunturas históricas. Através de uma investigação histórica, foi possível entender a necessidade da Polícia Militar de desvincular a sua imagem da ditadura militar. Concomitantemente, a presença da mulher no mercado de trabalho se expandiu, devido a sua maior escolaridade e capacitação, fazendo com que a Polícia Militar visualizasse na figura da mulher a possibilidade de conferir à instituição uma aparência mais humana e democrática. Com a discussão sobre gênero, procurou-se entender como se dão as desigualdades e diferenciações enfrentadas pela policial feminina. Por fim, em relação ao futuro da policial militar, percebeu-se que mesmo dentro de uma instituição tão rígida como a Polícia Militar é possível encontrar espaços de negociação, que por sua vez apontam novos caminhos.

RBSP,  v. 11, n. 1, Fev/Mar 2017

Publicação cadastrada em: 24 de agosto de 2017

ACESSE A PUBLICAÇÃO

Publicações relacionadas