Apresentação

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) é uma organização sem fins lucrativos que tem por missão atuar como um espaço permanente e inovador de debate, articulação e cooperação técnica para a segurança pública no Brasil.

 

O FBSP estrutura suas atividades em torno de um pensamento estratégico que valoriza a informação como eixo de transformação e mudança social. Na prática, isso se traduz em um programa de trabalho pautado na circulação de dados e de conhecimento acerca da realidade da área e, ainda, na aproximação e na construção de pontes de diálogo entre diferentes segmentos que lidam cotidianamente com o tema.

É assim que a atuação do FBSP vem permitindo que os dados existentes sejam convertidos em insumo para a ação política. Mais do que a produção e divulgação de informações, busca-se consolidar uma narrativa que seja assumida como crível e capaz de mudar o cotidiano da população, fugindo da lógica perversa que retroalimenta um quadro de insegurança crescente e reproduz padrões e de culturas políticas que aceitam a violência como linguagem.

Nessa proposta, a Segurança Pública é entendida como um serviço público, baseado na prevenção e na repressão qualificada, com respeito à equidade, à dignidade humana e guiado pelo respeito aos Direitos Humanos e ao Estado democrático de Direito.

O FBSP é organizado como uma associação, em que a adesão dos membros é livre. Cada candidato deve comprovar seu compromisso com a segurança pública e com os valores do FBSP, através assinatura da Carta de Princípios. Os conselhos administrativo e fiscal são renovados através de eleições regidas pelas regras do Estatuto Social e traçam as linhas mestras que guiam a atuação da equipe executiva, sediada na cidade de São Paulo.

 

Objetivos Estratégicos

 

  • Consolidar o papel integrador e disseminador de dados e informações que o FBSP assumiu
  • Estimular a adesão do Estado brasileiro, em suas múltiplas esferas e poderes, a estratégias de organização e publicização de dados sobre segurança pública e justiça criminal
  • Incidir para articulação e pactuação de políticas públicas de redução de homicídios e demais mortes violentas intencionais
  • Mobilizar a sociedade para a redução de mortes violentas intencionais como  um desafio prioritário do país
  • Subsidiar a elaboração de uma proposta de pactuação federativa da segurança pública
  • Qualificar o debate público sobre a reestruturação das atribuições, capacidades e competências relativas ao trabalho policial
  • Subsidiar a construção de um modelo federativo de financiamento e de um sistema classificatório das receitas/despesas da segurança pública
  • Induzir o debate público sobre a violência sexual contra a mulher
  • Subsidiar o poder público de informações para a criação de políticas públicas de prevenção e repressão aos crimes sexuais contra a mulher
  • Estimular o poder público à promover a melhoria do atendimento das instituições policiais às mulheres vítimas de violência sexual
  • Qualificar o debate público sobre gestão  prisional
  • Diagnosticar quais são e como funcionam os atuais sistemas  de apoio a egressos e seus resultados
  • Fortalecer as discussões sobre alternativas penais